Visitas

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

O Programa Nacional de Direitos Humanos

É gravíssima as mudanças propostas pelo governo petista e faz com que temamos pelo nosso futuro, já que o governo brasileiro imita tudo o que Chávez faz.


Uma notícia gravíssima, que não vi comentada aqui no Brasil, feita na calada da noite pela ditadura chavista, está deixando os venezuelanos de cabelos em pé e não sem razão. Foi publicado na Gazeta Oficial do dia 25 de setembro de 2009, uma “Providência Administrativa” que torna edifícios, casas, praças, monumentos, igrejas, etc., “patrimônio cultural” do município Libertador, do Distrito Capital de Caracas. (Abro um parênteses: neste mesmo dia, a Assembléia Nacional aprovou por unanimidade o caráter “sigiloso e inviolável” dos acordos militares entre Venezuela e Rússia, enquanto Chávez e o PT de Lula ficam “exigindo” que a Colômbia revele integralmente seus acordos com os Estados Unidos. Trocando em miúdos, isto significa dizer que Chávez decretou que tudo agora é patrimônio do Estado, de modo que qualquer proprietário de imóvel perdeu seu direito legítimo de fazer qualquer coisa com seu bem, seja alugar, doar, vender ou deixá-lo em herança, pois a partir da data de sua publicação, quem decide o que fazer com a propriedade de cada um agora é o Estado. Não é uma violência isso?

Esta Declaração dos Direitos Humanos, nada mais é do que a cópia do que o Hugo Chávez já fez na Venezuela. Estes esquerdistas estão com medo de que a América Latina siga o digníssimo exemplo de Honduras. Por isso, lançaram este programa que dificulta qualquer reação nos outros países, contrárias a governos ditadores.
E o culpado disso tudo é o povo que se vende a esse governo corrupto que se acha o dono do mundo.
Não esqueçam de lerem a ficha da sra Dilma caso pensem em votar nela, Terrorista....

Nenhum comentário: